Suplementação vitamínica na gravidez

Deixe um comentário

Partindo do princípio de que o corpo da grávida é mais exigido durante os nove meses, é possível fazer a suplementação vitamínica e mineral durante a etapa de preparação da gravidez, ou seja, três meses antes da concepção. A substância mais importante a ser reforçada é o ácido fólico, a vitamina B9. Isso porque ele é capaz de prevenir em até 70% as más formações do sistema nervoso central, responsável por males como macrocefalia (crescimento exagerado do cérebro) e anencefalia (ausência de cérebro), além disso, evita também a má formação cardíaca e dos membros inferiores e superiores. Mas não é só o ácido fólico que precisa ser suplementado. Existem várias vitaminas e sais minerais que ajudam a garantir uma gestação saudável. As vitaminas B6 e B12 também previnem as más formações no feto. As conhecidas C e E evitam a pré-eclâmpsia. Já a vitamina A está relacionada a uma menor incidência de transmissão do vírus da AIDS da mãe para o feto. Mas é bom lembrar que suplementos para mulheres que desejam engravidar, para gestantes e também para aquelas que amamentam só podem ser prescritos por um médico.

Vitaminas durante a gestação

Deixe um comentário

 - É preciso tomar vitaminas durante a gestação?
 
 
 
Aléssio Calil Mathias - A Organização Mundial de Saúde (OMS) preconiza o uso do ácido fólico antes e durante toda a gestação. Essa vitamina é necessária para prevenir más formações neurológicas no bebê. Após o primeiro trimestre, indica-se a ingestão de suplemento de ferro e cálcio para evitar anemia. As demais vitaminas, como a do tipo C e minerais como o magnésio, também podem ser prescritas quando a dieta alimentar não suprir as necessidades diárias da mãe.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.